Imprimir

Notícias

09/06/2020 | 18h45m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Reese Witherspoon é processada por anúncio de ‘vestidos grátis’

Grife da atriz de Legalmente Loira não conseguiu atender a demanda de peças para as professoras em meio ao coronavírus

Reese Witherspoon é processada por anúncio de ‘vestidos grátis’ - Reprodução/Instagram

Reese Whiterspoon é uma atriz muito querida pelo público, tendo em sua carreira papéis em grandes filmes e séries como Legalmente Loira e Big Little Lies.

Porém, ela acaba de se envolver em uma situação bastante polêmica, afinal, Reese está sendo processada por conta de uma doação de roupas da sua marca, Draper James, para professores em uma ação beneficente em meio à pandemia de coronavírus.

De acordo com o portal TMZ, três mulheres entraram com uma ação coletiva contra Witherspoon e a grife Draper James, alegando que elas esperavam conseguir vestidos de graça e não entrarem em uma "loteria" para concorrer a uma quantidade limitada da peça.

A atriz fundou a linha de roupas Draper James em 2015 e a marca fez uma promoção de vestidos grátis para professoras americanas no último dia 02 de abril no Instagram, que dizia “Caros professores: queremos agradecer. Durante a quarentena, vemos vocês trabalhando mais do que todos para educar nossos filhos. Para demonstrar nossa gratidão, a Draper James gostaria de dar aos professores um vestido grátis”.  

A mensagem fez com que professores se inscrevessem preenchendo um formulário até o dia 05 de abril e, entre parênteses, estava que a oferta era válida enquanto durassem os estoques e que os "vencedores" seriam notificados no dia 07 de abril.

O processo alega que os participantes eram obrigados a fornecer informações pessoais à Draper James, incluindo informações de contato e identificação do seu emprego na área da educação. Também foi apontado que o custo total de doações de 250 vestidos era “custo desprezível estimado em US$ 12.500 (R$ 61.137)”.

Ainda, as professoras alegaram que Witherspoon e James se beneficiaram de renda de publicidadesobre a distribuição de vestidos, incluindo menções nos programas Today e Good Morning America.

“Este processo é uma tentativa injusta de explorar as boas intenções da Draper James de honrar a comunidade de professores, presenteando centenas de vestidos gratuitos. O fato de os suprimentos serem limitados, de modo que um vestido gratuito não pôde ser fornecido a todos os professores que responderam, foi divulgado e não é base para uma ação judicial”, afirmou Theane Evangelis, advogado da Draper James, ao TMZ.

“A Draper James espera defender este caso, continuar seus esforços para reconhecer as contribuições extraordinárias feitas pelos professores durante esse período de necessidade e ser vindicado em tribunal”, concluiu ele.

Reese Witherspoon explica razão de ter se mudado para Los Angeles
Reese Witherspoon causa desconforto entre funcionários
Black Lives Matter: Da vida real ao audiovisual e literatura





Notícias Relacionadas

15/01/2020 | 00h00m - Raphael Araujo

Fãs querem Jennifer Aniston no elenco de Big Little Lies

10/06/2019 | 16h29m - Julia Teixeira

Namorado de filha de Reese Whiterspoon é a cara do sogro

29/05/2019 | 15h34m - Julia Teixeira

Meryl Streep tem grupo de WhatsApp com elenco de série



Instagram

Instagram

OFuxico